Home / A Verdade é Lógica / O que significa ser batizado ‘em nome do espírito santo’?

O que significa ser batizado ‘em nome do espírito santo’?

       O que significa ser batizado ‘em nome do espírito santo’?

       Primeiramente, leiamos o texto em disputa:

(Mateus 28:19) “Portanto, vão e façam discípulos de pessoas de todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do espírito santo”;

         Ao contrário do que muitos pensam, ser batizado “em nome” do espírito santo não prova que este seja uma pessoa. Muitos argumentam que isto prova que o espírito santo tem um nome e, portanto, é alguém, não algo. Mas esta conclusão está errada. Neste artigo breve explicaremos por quê. Antes de tudo, porém, é importante esclarecer que tudo que o texto de Mateus 28:19 nos diz é que existem 3 entidades: Pai, Filho e espírito santo. Inferir que estes 3 são um único Ser Supremo é ir além do que está escrito. O fato de a palavra “nome” estar no singular tampouco prova que os 3 sejam o mesmo Ser. Sobre este último ponto, vejamos

(Gênesis 48:16) “[…] o nome dos meus pais, Abraão e Isaque […]”

 

         Assim como Abraão e Isaque não são o mesmo ser por serem precedidos da palavra “nome” no singular, tampouco são o Pai, o Filho e o espírito santo.

       Primeiramente, precisamos estar cientes de que isso vai gerar uma confusão irresolvível no que tange a Deus: Qual é o bendito nome do espírito santo? A resposta é: ninguém sabe, pois a Bíblia não diz. Então surgirá a questão: Como posso ser batizado em nome do espírito santo se eu não sei qual nome é este? Será que você vai ser batizado em nome de alguém cujo nome você não sabe? Isso é bastante problemático, pois se sabe o nome do Pai e do Filho, mas não se sabe o nome do espírito santo.

         Leandro Quadros, tele-evangelista da igreja Adventista do Sétimo Dia, alegou sobre um suposto nome do espírito santo, dizendo que

mesmo que ele [o espírito santo] não o possuísse [i.e. um nome], isso em nada interferiria em sua personalidade. […] não é simplesmente a existência de um nome que define uma personalidade. […] Você vê ali em Marcos capítulo 5 verso 9 uma legião de demônios sendo expulsa de uma pessoa. Qual é o nome daqueles demônios? O fato de eles não terem nome ou nomes revelados a nós indica que não são seres pessoais […] qual é o nome de todos os anjos?

 

       Veja o vídeo abaixo, onde Leandro Quadros propõe um argumento de paralelo desproporcional:

 

 

         Infelizmente, é bastante comum ver pessoas instruídas descendo ao nível do argumento citado por Leandro Quadros a fim de sustentar uma doutrina absurda, tal qual a de que o espírito santo é uma pessoa distinta de Jeová, o Pai – algo jamais proposto por nenhum dos escritores bíblicos.

         Ora, será que o espírito santo não precisa ter nome explícito na Bíblia porque demônios e anjos não têm todos eles seus nomes revelados na Bíblia? Esse argumento é absurdo. Ao fazer tal argumento, Leandro Quadros rebaixa a “pessoa” do espírito santo ao nível de demônios e anjos a fim de isentar o espírito da necessidade de ter um nome.

         Realmente, criaturas espirituais não precisam ter seus nomes descritos na Bíblia para que sejam pessoas. Mas não estamos falando de criaturas, e sim da suposta 3ª pessoa da Trindade. Portanto, temos de equiparar o espírito santo aos atributos do Pai e do Filho, não aos atributos de demônios e anjos, conforme fez Leandro Quadros. – Compare Êxodo 23:13 com Salmo 148:13.

 

  • O Pai tem um nome, Jeová. (Salmo 83:18, João 8:54)

  • O Filho tem um nome, Jesus. (Lucas 1:31)

        E o espírito santo? Por que somente o espírito santo não tem nome? Assim sendo, não faz sentido ser batizado “em nome” de alguém cujo nome não se sabe.

 

 

O que significa “em nome”?

        Nesta passagem de Mateus 28:19, “em nome” não significa literalmente o nome, e sim a autoridade.

       Sobre este ponto, Word Pictures in the New Testament [LINK 1; LINK 2] (Quadros Verbais no Novo Testamento; 1930, Vol. I, p. 245 – veja as imagens abaixo), de A.T. Robertson, diz sobre Mateus 28:19:

 

“O uso de nome (onoma) aqui é um uso comum na Septuaginta e nos papiros para [simbolizar] poder ou autoridade.”

 

         O que A.T. Robertson declarou pode ser atestado em outras partes da Bíblia.

Em Mateus 10:41 lemos:

“Quem receber um profeta porque ele é profeta receberá a recompensa de um profeta […]”; (Tradução do Novo Mundo)
“Quem recebe um profeta em qualidade de profeta […]” (Almeida Corrigida e Revisada Fiel)

         O texto literal, no entanto, diz:

“recebe um profeta em nome de um profeta”. – Veja ARC.

       Nesta passagem “em nome” significa basicamente “com qualidade de”, “com a autoridade de” ou “reconhecendo-o como” (Note Mateus 10:41 na KJA e Bíblia Livre). Portanto, o batismo ‘no/em nome do espírito santo’ tem a ver com o reconhecimento deste espírito como tendo por fonte a Deus e como exercendo sua função segundo a vontade divina. – Salmo 104:30.

       O próprio Paulo falou sobre o batismo, dizendo que ninguém poderia dizer que foi batizado em nome de Paulo, apenas Crispo e Gaio. (1 Coríntios 1:14, 15). Ou seja, Crispo e Gaio foram batizados em nome de Paulo, porque foi Paulo quem exerceu influência sobre eles.

       Vejamos algumas passagens onde coisas impessoais são descritas como “em nome de”, assim como o espírito santo é:

1 Samuel 20:17

Bíblia Ave-Maria 

“Jônatas conjurou ainda uma vez a Davi, em nome da amizade que lhe consagrava, pois o amava de toda a sua alma.”

Filêmon 9

Almeida Revista e Atualizada

“[…] prefiro, todavia, solicitar em nome do amor, sendo o que sou, […] – Veja também Tradução Basileira e Versão Fácil de Ler.

 

Edição Pastoral

Salmo 94:20

“[…] um tribunal criminoso que dita injustiças em nome da lei?” – Veja também Al. Séc 21, BJ, KJA, NVI.

         Assim, fica claro que ‘em nome do espírito santo’ não significa o nome literal de alguém. Isso tem a ver apenas com o reconhecimento de que o espírito santo é o guia na vida do cristão e que tal espírito procede de Deus.

Sobre O Publicador do Reino

Verifique também

Respondendo a objeções sobre o espírito santo # 1

Se a Bíblia diz que o espírito santo “falará o que ouvir”, como pode este …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *